A Águia Pousou!

Um blog com as aventuras de Igor Andrade

Amplitude

Se bem usado, o tempo se torna nosso melhor amigo. E é assim que me sinto ao concretizar um dos sonhos mais antigos que é escrever e publicar um livro. No caso, em parceria com a Dani Ianni, que assinou a direção de arte da Nintendo World enquanto fui editor da revista.

Por sua vez, nas palavras da própria Dani Ianni, “desde criança fazia ilustrações e, nos últimos anos, dei vida, cor e nome para diversos personagens malucos, como alguns monstrinhos. No entanto, não tive a chance de criar minhas histórias. A gente corre contra o tempo até que um dia surge a oportunidade… Foi conversando e comendo pipoca que tivemos a ideia da parceria”.

Há séculos tentava concretizar tal desejo. No entanto, nunca era prioridade na minha vida. Felizmente, soube buscar energia e coragem nos últimos meses e, por consequência, Au, Au e Miau? está à venda na Amazon brasileira e suas filiais.

Na adolescência escrevi algumas fábulas, e uma delas até tentei enviar para a apreciação das editoras. Era sobre um tatu brasileiro e estudante convidado a apresentar suas experiências científicas em um congresso na África do Sul.

AuAuMiau_02

Acabei perdendo esse material, graças a uma época não muito distante na qual telas azuis frequentavam mais os computadores. E backups eram guardados em frágeis disquetes e CDs. Ainda assim, a ideia está na cuca. Em breve voltarei à aventura de Tinho…

Por enquanto, Au, Au e Miau? estará disponível apenas em formato digital e pode ser lido no Kindle, em celulares, em tablets e até mesmo em computadores. Para isso, é só baixar o aplicativo do leitor de ebooks, que roda nas plataformas iOS, Android, Windows Phone, entre outros.

Adoraria e quero muito preparar uma versão impressa, mas os custos são altos e não há nenhuma garantia que consiga comercializar todo o estoque. Um passo de cada vez, ainda mais por se tratar de um (quase) novo universo a ser explorado.

A historieta de 36 páginas mostra Solano e Laerte, dois cachorros que pretendem cantar na reinauguração do coreto da cidade, mas, para isso, precisam formar um trio. Eles então aprendem uma lição de tolerância enquanto procuram pelo latido perfeito…

Livro_Au,-Au-e-Miau_Capa-Am

O mais legal disso tudo é que a trama veio à minha cabeça enquanto atravessava a rua perto de casa. Veio como um foguete, sem qualquer pretensão. Por sorte, segurei a ideia e, dias depois, passei tudo para o notebook.

Eu espero que Au, Au e Miau? seja o primeiro de muitos outros livros. É algo que coroa um ano muito diferente, no qual vivi as mais diferentes experiências, no qual fui obrigado a rever conceitos, no qual tive que encarar outros desafios. Não houve zona de conforto.

Mesmo que você não tenha lá seus 6, 7 ou 8 anos de idade, te convido a conhecê-lo (ou a indicá-los aos pequenos da sua família). Depois, conte o que achou através do igor.andrade@aaguiapousou.com.

Observação: Ah, não se assuste com o “Projeto Amplitude”. Não se trata de uma nova editora ou coisa assim. No entanto, em comum acordo com a Dani, achamos melhor termos um nome único para centralizar as ações dos nossos livros. Imagine criar uma conta nas redes sociais para cada possível lançamento?

Por isso, toda e qualquer novidade sobre Au, Au e Miau? e o que vier depois estará em nas páginas de Facebook e de Instagram do tal projeto, que originalmente chamamos de Coleção Amplitude. Aliás, toda e qualquer curtida nas nossas redes sociais será sempre bastante apreciada!

%d blogueiros gostam disto: