De um jeito ou de outro, a concorrência dá aquele empurrãozinho que nos faz encontrar maneiras diferentes de conquistar novos e manter os leitores veteranos. Entre 2007 e 2010, a Nintendo World tinha uma rival. Nada mais, nada menos do que a NGamer.

A publicação da Editora Europa deixou de circular exatamente no mês em que assumi a edição da NW. Por escrevi isso? Bem, na ocasião eu fui atrás de alguns colaboradores deles para reforçar o nosso time. De lá vieram a Thaís Piovesan, o Luiz Eduardo Freitas e o Geraldo Juno Cecílio.

Multifacetado, agora o Juno está atacando como assessor de imprensa do No Heroes Here, que merece sua atenção. “A comunidade de desenvolvedores é bem unida. Se um jogo nacional se destaca, todos nos destacamos juntos. Com essa filosofia, conheci pessoas incríveis”, contou e continuou.

“Minha missão é retribuir o que já fizeram por mim. Especificamente em No Heroes Here, o objetivo é fazer com todos o experimentem e se encantem com o ritmo frenético das partidas. Só faço isso porque acredito no projeto e no estúdio Mad Mimic Interactive. Por isso, vem com a gente! Vai ser uma descoberta surpreendente”, finalizou.

NHH_Trollmeria

Em caso de dúvidas sobre No Heroes Here, entre em contato com o Juno pelo media@madmimic.com. E, a seguir, leia o release que ele me enviou!

***

“Quando todos os heróis são derrotados,
você deve contar com seus amigos para salvar o dia”

No Heroes Here, co-op (online e local) para até 4 jogadores desenvolvido pela Mad Mimic Interactive, estúdio localizado na capital paulista, e previsto para ser lançado ainda este ano, marca a primeira vitória de um título nacional na edição principal da Penny Arcade Expo (PAX).

O multiplayer é um dos selecionados para o cultuado The Pax 10, cujo júri foi composto por 50 profissionais do mercado internacional. A seleção leva em conta a jogabilidade e a diversão em geral.

NHH_HubWorld

A PAX West é a maior convenção de jogos independentes aberta ao público da América no Norte, e este ano ocorrerá entre os dias 1 e 4 de setembro de 2017 em Seattle, WA. O evento reúne grandes profissionais da indústria e também é palco de anúncios de jogos promissores que darão as caras neste e nos próximos anos.

O jogo terá uma exposição em destaque durante todos os dias da feira. Além disso, a equipe da Mad Mimic Interactive foi convidada para participar pessoalmente de uma sessão de perguntas e respostas dentro da PAX West.

NHH_Punsylvannia

Neste frenético simulador de defesa de castelo, os jogadores precisam gerir recursos, cooperar e coordenar entre si. O trabalho em equipe torna-se mais importante que as habilidades individuais.

Com a extinção dos heróis do Reino de Noobland, cabe aos “Não-Heróis” a tarefa de impedir as ondas de ataque dos inimigos. Eles precisam forjar diferentes tipos de munição para carregar os canhões, que são a única linha de defesa. É possível disparar potes de mel, galinhas enlouquecidas, entre outras surpresas!

NHH_Characters

A abordagem leve com estilo cômico em Pixel Art evita qualquer violência real e realça o carisma dos personagens. Mesmo as fases mais sombrias são coloridas e cheias de vida, o que atrai todas as idades e grupos. Acima de tudo gera uma experiência que estreita os laços entre amigos e família, além de render boas risadas e discussões.

As partidas através das mais de 50 fases exigem tomadas rápidas de decisão em conjunto, então manter a comunicação entre o time é a chave para a vitória. Trabalhe o ferro, misture a pólvora, prepare os canhões, o espírito de equipe, e faça chover fogo sobre seus inimigos nesta alucinante experiência multiplayer!

NHH_Noobland

No Heroes Here recebeu o prêmio de Melhor Jogo Social no Game Connection Development Awards, que ocorreu em São Francisco entre 27 de fevereiro e 1º de março de 2017. O evento reuniu distribuidoras e estúdios independentes para fomentar parcerias, dentro da Game Developers Conference.

No final de 2016, a Mad Mimic Interactive foi premiada pela Spcine, entidade público-privada de fomento às artes audiovisuais, que abriu o primeiro edital voltado exclusivamente a empresas desenvolvedoras de jogos, o qual contemplou os oito projetos mais promissores da cidade de São Paulo com uma premiação em dinheiro.